Top 15 melhores leituras do ano 2018

dezembro 29, 2018

Continuando a retrospectiva, no post de hoje iremos falar das melhores leituras do ano de cada um de nós. Vamos falar do nosso top 5 (por mais difícil que seja) na ordem: as melhores leituras da Carol, Isadora e Murilo. Confiram!

As melhores leituras da Carol:

A Linha de Rumo, de Giulia Santana


Cês já começaram um livro e SABIAM que iriam gostar dele logo nas primeiras frases? Às vezes isso acontece comigo, e esse ano aconteceu enquanto eu lia A Linha de Rumo (que eu já resenhei aqui), um drama sobre uma família que é completamente divida, exceto por duas primas que são a cola que une as partes dividas. Depois de um acidente com uma delas, essa família vai finalmente ter que se entender, nem que seja por alguns momentos em que precisam ficar reunidos na sala de espera do hospital. Eu me apeguei completamente aos personagens, e me identifiquei muito com eles ali. É um livro intenso, mas que recomendo muito!

Cappuccino de Chocolate com Creme, de Elizza Barreto


Alice, que está em São Paulo a passeio, acaba sofrendo um acidente por causa de um ciclista, que ela conhecerá depois como Bernardo. Ele se sente culpado pela situação que causou então acompanha ela no hospital, dando toda a assistência possível. Apesar de Alice ter um namorado, o Benjamin, esperando por ela em Salvador, é inevitável a aproximação deles, mesmo que em pouco tempo. Foi uma boa forma de terminar as leituras de 2018, e com certeza virou um dos favoritos que passarei indicando durante esse ano por aqui. Trarei a resenha logo, logo!

Céu Sem Estrelas, de Iris Figueiredo


Já falei várias vezes e repito: Iris Figueiredo é uma das minhas escritoras favoritas! O jeito que ela escreve é simplesmente viciante, o que me fez devorar Céu Sem Estrelas (já postei a resenha aqui) em pouco tempo. Esse livro aborda, de forma sensível, saúde mental, aceitação do próprio corpo e as formas diferentes de como lidamos com a dor. Foi uma leitura muito especial esse ano pra mim! E não se esqueçam: "há muitas estrelas no céu, não deixe que as nuvens te façam se esquecer disso".

Uma Coisa Absolutamente Fantástica, de Hank Green


Esse livro (leiam a resenha aqui) tem uma trama completamente original, daqueles que você não faz ideia do que esperar no final, e foi algo completamente diferente de tudo que já li! O livro mostra as consequências da fama, como as redes sociais afetam nossa percepção e como a retórica inflamada de ódio e a radicalização pode causar tanto estrago. É impossível não perceber a semelhança das situações do livro com o que tem acontecido ultimamente no nosso país.

Dias de Despedida, de Jeff Zentner 


Sabe o primeiro livro que falei que às vezes me conecto com o livro logo de início? Esse foi mais ou menos assim também, mas eu não sabia se iria gostar completamente, mas eu QUERIA gostar (vai me entender, haha). A trama é bem interessante, e fala sobre culpa, amizade, luto e o quanto os pequenos momentos que passamos com aqueles que amamos são os mais importantes, e que devemos apreciar todos esses momentos. Mas o que mais gostei nele foi a forma que o autor escreveu, o jeito que ele tem com as palavras. Só lendo pra entender do que tô falando! Mas leia minha resenha pra saber melhor do que se trata.

As melhores leituras da Isadora:

Princesa das Águas, de Paula Pimenta



Foi minha primeira leitura desse ano e eu amei muito! É uma história muito gostosa da recontagem de A Pequena Seria e é impossível não se aventurar junto com a Arielle no meio de tantas confusões. Leia minha resenha aqui!

Simplesmente Acontece, de Cecelia Ahern



Simplesmente Acontece era um dos livros que eu tinha há um bom tempo na minha estante, mas demorei para iniciar a leitura, apesar de saber que amaria o livro. Quando finalmente o li, o resultado não foi diferente. A maneira como a história é escrita é bem dinâmica e os acontecimentos são narrados através de cartas enviadas pelos personagens. Sem dúvidas foi um livro não me decepcionou. Leia minha resenha aqui!

Arthur Fênix, de João Medeiros


Sobrevivendo ao Caos foi um dos livros de parcerias realizadas nesse ano. João mostrou em seu livro de estreia que criatividade é o que não falta, fazendo o leitor mergulhar uma história que se passa em meio a um apocalipse e que com certeza é muito cativante. Leia minha resenha aqui!

Em Pedaços, de Lauren Layne


Um dos livros mais gostosinhos que li esse ano foi Em Pedaços. É uma história clichê daquelas que sem dúvidas aquecem o coração e ideal após uma ressaca literária. A escrita da autora é bastante fluida e conseguiu me prender bastante. Leia minha resenha aqui!

As melhores leituras do Murilo:

A Rainha Vermelha, de Victoria Aveyard

Imaginem que vocês são fãs de Jogos Vorazes e então a premissa de uma história te traz nostalgia sobre uma trilogia que você já ama? Foi assim o meu primeiro contato com Rainha Vermelha e preciso dizer: Não me decepcionei! Depois de vários meses sem ler nenhuma distopia, ou literatura fantástica, me peguei lendo essa incrível história de Mare Barrow e, a cada página lida, eu amava mais e mais, com certeza foi uma das melhores leituras de 2018!

O Guia do Cavalheiro para o Vício e a Virtude, de Mackenzi Lee

Esse foi um dos livros que comprei em pré venda e ficou guardado na estante por algumas semanas até eu ter coragem de pegar, porém no momento em que me deparei com essa história, eu me sentia no século XVIII e imaginava como Henry, sendo filho do rei, poderia viver sempre imerso a jogantina, álcool, e ir para cama com qualquer um que aparecesse, até que, no meio da história, tudo começava a fazer sentido, desde a desaprovação do pai em relação a tudo, até o medo de perder seu melhor amigo por quem sempre fora apaixonado e aquela sensação de vazio que o rondava. A narrativa toda é vista pelos olhos de Henry e ele tem um ano para entender o que fazer e como fazer com todos esses sentimentos que não cabem em um só peito!

A primeira vista, de David Levithan e Nina Lacour

Duas pessoas da mesma escola, fugindo do sentimento que têm pela pessoa que amam, acabam tendo seus caminhos cruzados. Não é amor a primeira vista, é amizade a primeira vista e, enquanto Kate e Mark tentam descobrir o significado do primeiro amor, eles descobrem que são feitos um para o outro, na amizade e que se conhecem melhor do que ninguém jamais poderia ter acreditar! Se apaixonem a primeira vista por essa história contagiante!

Todo Dia, de David Levithan


Confesso que li este livro mais por causa da estréia do filme do que por ser de um escritor que eu gosto, mas não me decepcionei. Este livro traz uma reflexão inimaginável sobre os diferentes tipos de culturas, orientações sexuais e o verdadeiro significado do amor. Faz refletir sobre o que você ama e como ama, mas também traz aquela confusão enregada com a fantasia existente na história que faz a leitura ser leve e descontraída. Você namoraria alguém que acorda em um corpo diferente todo dia? Como reagiriam? Vale a pena dar uma conferida na história! Leia minha resenha aqui!

Variações Enigma, de André Aciman


Este livro é marcado pelo desejo! Durante toda a leitura você vê os desejos de Paul sendo colocados a prova de várias maneiras possíveis e o que isso significa, seja vendo a garota que ama de anos em anos, ou se lembrando do velho marceneiro de seus pais por quem teve uma paixão na adolescência, ou então pelo seu colega de tênis no Central Park. É visível as diversas formas de desejo presente neste livro e foi uma das coisas que mais gostei na história! Leia minha resenha aqui!

DICA DO LIVRO DO TOP COMENTARISTA: É um livro de suspense e mistério. Tem ideia de qual livro pode ser? Participe aqui!

12 comentários:

  1. Alguns dos livros citados quero muito obter ano que vem.
    Outros eu não conhecia mas pretendo dar uma oportunidade para ler.
    Sobre o livro do top comentarista eu não faço idéia de qual seja kkkkk.

    Happy New Year.💝

    ResponderExcluir
  2. Quantos livros incríveis que leram nesse ano! 💖
    Também amei Céu sem estrelas. Simplesmente acontece é maravilhoso.
    Agora espero ler A rainha vermelha e Dias de despedida.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu também li o guia do cavaleiro para ouvir sua virtude de fora das melhores leituras do ano o livro era bem interessante e a gostar de como foi escrito principalmente pelo fato do protagonista ser um mocinho bissexual

    ResponderExcluir
  4. Nossa... quanto livro bacana. ainda não li nenhum... mas estão na lista 2019.

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Simplesmente acontece e Todo dia, são uns amores mesmo, não tem como não gostarmos desses livros.

    Bjux ;)
    Entrelinhas

    ResponderExcluir
  6. Olá,Carol! As suas leituras foram bem bacanas. Eu gostaria muito de ler Em Pedaços da Lauren Layne,na verdade todos os livros dela,gostei muito das resenhas que li e por isso me chamou a atenção. Espero poder le-lo em 2019 assim como tantos outros que minha whislist!
    Abraços...

    ResponderExcluir