[RESENHA] A Pequena Livraria dos Corações Solitários, de Annie Darling

dezembro 27, 2018

Era uma vez uma pequena livraria em Londres, onde Posy Morland passou a vida perdida entre as páginas de seus romances favoritos. Assim, quando Lavinia, a excêntrica dona da Bookends, morre e deixa a loja para Posy, ela se vê obrigada a colocar os livros de lado e encarar o mundo real. Porque Posy não herdou apenas um negócio quase falido, mas também a atenção indesejada do neto de Lavinia, Sebastian, conhecido como o homem mais grosseiro de Londres. Posy tem um plano astucioso e seis meses para transformar a Bookends na livraria dos seus sonhos — isso se Sebastian deixá-la em paz para trabalhar. Enquanto Posy e os amigos lutam para salvar sua amada livraria, ela se envolve em uma batalha com Sebastian, com quem começou a ter fantasias um tanto ardentes. Resta saber se, como as heroínas de seus romances favoritos, Posy vai conseguir o seu “felizes para sempre”. O primeiro livro da série A Livraria dos Corações Solitários!


Posy Morland é uma jovem mulher amante dos livros. Ela viveu imersa em histórias e herdou todo amor por elas de seus pais. Entretanto, eles morreram muito cedo em um acidente de carro deixando pra trás Posy e seu irmão mais novo, Sam e desde então, ela é a guardiã legal de seu irmãozinho, do qual ela ama acima de qualquer coisa e faz de tudo para ser a melhor responsável que pode, mas apesar de ter o amparo de Sam, Posy ainda sofre com a perda de seus pais e não consegue seguir em frente. Desde então, sua vida mudou bastante, o que reforça ainda mais seus encantos pelos livros, tanto que Posy quase que deixa sua vida amorosa apenas para as histórias de romances.

Como se não bastasse, ela ainda perde outra pessoa muito importante em sua vida: Lavínia, dona da livraria Bookends e com isso, Posy herda o local praticamente falido, - já que trabalha lá há anos e ama o que faz - a partir daí, sua maior missão se torna tirar a livraria da crise e continuar com o negócio que é passado de geração em geração. Mas não será uma tarefa tão fácil salvar a Bookends quando se tem ao lado Sebastian, neto mimado de Lavínia que insiste em se intrometer nos planos de Posy.

Sebastian é filho único e por isso cresceu sendo mimado pela mãe e pelos avós. Nunca ouviu ou entendeu um "não" sequer e isso irrita demais Posy, uma vez que ambos discordam em tudo o que falam e ele ignora cada desacordo que há entre eles. Além disso, Sebastian duvida muito que Posy será capaz de reerguer a livraria em tão pouco prazo e por isso, tenta de todas as formas tomar a frente do negócio, mas Posy segue determinada em seu plano de reabrir a Bookends em poucos meses, com um nome diferente e com uma demanda livros apenas de ficção romântica, mas para isso ela não estará sozinha, poderá contar com a ajuda de seus amigos que também são sua equipe de trabalho: Verity, Tom e Nina, mas, infelizmente, o que também não falta é gente para atrapalhar.



 Enquanto o tempo se aproxima para a véspera do relançamento da livraria, Posy se vê enrolada em uma mentira enorme que contou para Sebastian e a insegurança sobre o que está fazendo é o certo para salvar a Bookends, toma conta de si. À beira de desistir dos seus planos imaginando que tudo ficou fracassado, Posy descobre que pode contar ainda mais com a ajuda de Sebastian e, por alguns instantes, parece que as coisas entre eles poderiam ser diferentes. Será que Posy conseguiria reabrir a livraria e ainda tirá-la da crise sem que Sebastian tome seus negócios? E será que em meio à tantas brigas dos dois, seus destinos serão juntos?

Não vou negar, eu quis esse livro mais pela capa do que qualquer outra coisa, mas ainda bem que aquele ditado "as aparências enganam", não se aplicou aqui porque além de ter um design superfofo por fora, há também um ótimo conteúdo por dentro.

Quando iniciei a leitura de A Pequena Livraria dos Corações Solitários, fiquei com um pé atrás se gostaria de fato da leitura, porque em particular, gosto mais de histórias em primeira pessoa, do que na terceira pessoa, mas logo de cara notei que seria um livro bem escrito. Entretanto, quando avancei nas páginas, me vi completamente presa nesse romance gostoso de acompanhar.


A narração se dá início quando Lavínia morre e depois descobrimos que Posy, como desejo de Lavínia, herda a livraria. A partir daí, a menina se vê perdida e sem um plano para tirar a Bookends da crise e ainda por cima, com o maior medo de perder a casa em que ela e Sam moram. Posy tem o maior problema para resolver e ainda tem que lidar com Sebastian que sempre se intromete em questões envolvendo a livraria. A história então se desenrola ao pé que Posy e a equipe da Bookends avançam no plano de reabertura da livraria, ainda que seja um pouco duvidoso se dará certo, mas sendo a única opção.

Os personagens secundários também são todos muito bem construídos, cada um com sua personalidade marcante e todos sempre são falados nas histórias, quase nunca ficando em segundo plano pela autora. Posy é uma mulher que ainda permanece adormecida após a morte de seus pais, sem conseguir seguir em frente, mas sabe que tudo o que fizer será por seu irmão mais novo, Sam. Já Sebastian, apesar de mimado, te um coração enorme e muito bom. Em suas tentativas de tomar frente da livraria, ele esperava ajudar Posy, ainda que achando que apenas seu ponto de vista está certo. Apesar das confusões entre eles, há muito mais por trás de todas as desavenças.

É um livro ótimo e virou um dos meus favoritos. A escrita da Annie Darling é cativante e prende o leitor até o final. Sem dúvidas indico para todos e principalmente para quem quer algo mais leve para ler. Posy e sua turma vão fazer você se apaixonar por essa história repleta de livros e finais felizes!

Quotes:

Cada livro prometia a seu leitor que, por mais dificuldades e tormentos que a vida pudesse lançar em seu caminho, ainda havia finais felizes a serem alcançados.

Tempo é o recurso mais precioso da vida. 

Porque você, minha querida, mais que qualquer outra pessoa, sabe que lugar mágico uma livraria pode ser, e sabe que todos precisam de um pouco de magia na vida.

5 comentários:

  1. Esse livro chama atenção pela capa, mas depois de lançado eu não tive tanto interesse.
    Achei que seria mais do mesmo, e agora estou feliz em saber que é uma história com conteúdo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Oi,Isadora!Tudo bem? Ainda não tinha ouvido falar sobre esse livro,mas que bom que li essa sua resenha,que a propósito esta linda. Gostei muitoooo da sinopse e a capa e fofa demais,estou louca para conhecer a Posy e sua turma!

    ResponderExcluir
  4. Ahhhh sou apaixonada e doida para ler esse livro, amo a capa e já li ótimas resenhas sobre o enredo, espero que ano que vem eu consiga obter ele para ler.

    ResponderExcluir
  5. Eu vi que o livro acabou se tornando uma duologia e eu quero muito conhecer o trabalho da autora e só pela capa e pela sinopse você já tem noção de que o livro é uma clichezinho bem gostoso de ser lido

    ResponderExcluir