[FILME] Eu Não Sou um Homem Fácil

junho 07, 2018


Imagine viver em uma sociedade inversa. Em que a mulheres predominam no meio, o machismo não existe, os assediados nas ruas são os homens e as tarefas foram completamente invertidas. Damien parece estar vivendo em outro mundo ao acordar e perceber que todas as pessoas estão agindo estranhamente diferente. Considerado um machista, o protagonista costumava estar no controle sobre todas as coisas, tanto em seu trabalho que dirigia projetos para um público masculino quanto em relações pessoais, porém, agora, ele terá que se adaptar a uma nova rotina e ao papel inverso com as mulheres.

Ao ser demitido do seu emprego, ele consegue um trabalho temporário para ser agente de uma escritora de sucesso, mas até que ponto isso dará certo ao modo que ao mesmo tempo eles começam a se envolver pessoalmente?


Eu Não Sou um Homem Fácil é um filme importantíssimo pois trata de um assunto que precisa ser discutido na sociedade. O machismo extremo que nos envolve é mostrado por outro lado, como se as mulheres fizessem tudo aquilo que a maioria dos homens fazem, o que acaba colocando o expectador a frente de duas situações paralelas podendo refletir sobre a nossa realidade.

O movimento feminista vem ganhando visibilidade nos dias atuais, mas é um dos movimentos mais julgados pelas pessoas. A falta de compreensão ou até mesmo de interesse em entender sobre o que se trata o assunto, faz com que muitas pessoas criem rótulos em quem lutam pela igualdade, seja igualdade salarial, direito de ir e vir na rua sem ser assediada e outros aspectos que se pararmos para pensar, nem deveríamos ter de lutar por eles, por já sermos nosso por direito, mas muitas vezes, desrespeitados.

O filme mostra que viver sobre o domínio de um único gênero não é algo positivo e como é importante a união e igualdade. Tendo papeis completamente invertidos e olhares distorcidos, vale a pena assistir o longa que traz uma nova cara sobre o movimento feminista. Indico para todos!


Trailer

6 comentários:

  1. Já passei por esse filme na Netflix e sempre deixo ele pra depois, mas agora isso vai mudar! Adorei saber sobre o que o filme trata e também acho de uma importância extrema ser mostrado a questão de domínio de um único gênero. Isso é importante não só para os homens mas também para as mulheres que acham que o mundo seria melhor se fosse dominado só por "nós". O mundo não tem que ser dominado nem por um nem por outro, mas sim ser justo para ambos. Beijosss ;*

    ResponderExcluir
  2. Esse filme está na minha lista, mas depois dos seus comentários eu vou tentar assistir o mais rápido possível.
    É muito triste ver um movimento tão importante sendo menosprezado, ainda mais quando mulheres fazem isso.
    Espero que esse filme possa ajudar a muitos ver a importância de se ter uma igualdade.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Pela imagem pareceu ser engraçado mas a resenha descreveu algo mais sério, sendo um assunto meio que polêmico. Eu não sei se gostaria de assistir pois não sou feminista e de uma forma pareceu algo assim, todas mulheres hoje em dia parecem ser feministas, se uma fala ao contrário já metem o pau rsrs. Eu pensei nisso por que falando de igualdade foi o que lembrei, todo esse lance de machista, racista, lgbt, Eu acho ridículo ficar levantando bandeira se fazendo de vítima. Desculpem mais é minha opinião, não tô querendo ofender ninguém. Eu só espero que as pessoas se respeitem, além das diferenças, não vão discutindo uns com os outros, fazendo polêmicas, só precisam se respeitar, é pedir muito?

    ResponderExcluir
  4. Penso que se todos os homens machistas sofrerem na pele o que o Damien sofre em Eu Não Sou um Homem Fácil o mundo seria bemmm diferente...
    Não sou feminista, mas como mulher e ser humano apoio totalmente a luta por igualdade!
    Gostei da mensagem que Eu Não Sou um Homem Fácil passa, e concordo completamente, viver sobre o domínio de um único gênero não é algo positivo.
    Amei essa dica! Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Não conhecia o filme, confesso que não em chamou mta atenção apear do tema abordado, mas quem sabe conhecendo eu veja com outros olhos...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. nunca vi esse filme , mas parece ser muito bom o tema que ta sendo abordado!!!
    vou assistir com certeza
    Não sou feiminista, porem concordo plenamente com a igualdade de tdos.Ninguem é melhor que ninguem, e não é justo um somente um grupo dominar
    Amei acho que vou assistir concerteza
    beijos

    ResponderExcluir