navegar pelo menu
fevereiro 14, 2019 - Nenhum comentário






O autor destaque desse mês aqui no blog, é o Alexandre Apolca. Para quem acompanha os posts, tem resenha aqui de seus dois livros: Rockfeller e O Rastro da Alma.

Sobre o autor:

ALEXANDRE APOLCA nasceu em 1985, em Porangaba, interior de São Paulo. Após morar em Campinas, radicou-se em Tatuí. Formou-se em Química Industrial pela Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP). Trabalhou por doze anos em indústrias, com passagens pela Cosan, Santista e Coca-Cola. Também foi consultor imobiliário, promotor de vendas, e supervisor Censitário pelo IBGE. Rockfeller, lançado em 2014, já figurou na lista dos e-books mais baixados da Amazon. Também participou de antologias poéticas no Brasil e em Portugal. Idealista e excêntrico, sonha em ser ufólogo e hippie, e é viciado em histórias policiais.

Sobre suas obras:

Rockfeller: Beto Rockfeller, que possui uma leve versão da síndrome da mão alheia, sonha em fazer sucesso com sua banda de rock. Após ser preso injustamente em um protesto na Avenida Paulista, é liberado e orientado a deixar São Paulo. Ele e sua desconhecida banda — cujos integrantes são: Yakult, Gringo e Santiago dos Santos — decidem se mudar para a mística São Thomé das Letras, a Machu Picchu brasileira. É exatamente nessa aconchegante cidadezinha mineira que começa uma trama estonteante e dinâmica — repleta de aventuras, romances, crimes e mistérios.
Rockfeller se envolve com Anita Andrade, a namorada de um dos seus amigos. Esse triângulo amoroso é surpreendido com a súbita aparição de uma terrível enfermidade. Ele, desconcertado, se vê diante de uma difícil decisão, que mexe brutalmente com seus princípios morais e o pior, Rock pagará caro por sua indigesta decisão, seja ela qual for. Além disso, é obrigado a conviver com seus fantasmas, desilusões e psicoses e ainda tem de se acostumar com um enigmático corvo que o persegue.
No entanto, após muito tempo, Rockfeller consegue uma segunda chance de ser feliz no Rio de Janeiro, as suas desventuras e psicoses ressurgem, e isso pode levá-lo a uma irreparável situação em que nem tudo que se vê pode ser real...




O Rastro da Alma: “Clarice” acorda dentro de uma caçamba de lixo, sem saber sequer o seu nome. E o mais estranho: está no ano de 2040, em uma São Paulo decadente. Enquanto começa uma desesperada busca para descobrir a si mesma, ela tenta se adaptar a esse estranho mundo cercado de avanços tecnológicos e retrocessos humanitários.
Sua obsessão em encontrar uma maneira de voltar à sua época não a impede de mergulhar de cabeça nessa aventura. Em meio a esses mergulhos, ela encontra pessoas que fizeram parte de sua misteriosa história – que poderá ser modificada tanto para melhor quanto para pior. Mas, muitas vezes, o esquecimento é melhor do que a verdade nua e crua.
Por um capricho do destino, ela acaba conhecendo o enigmático Elvis e o seu fiel companheiro Kurt, um gato que consegue ser ainda mais enigmático. E esse encontro, aparentemente corriqueiro, poderá marcá-la profundamente.
Vivendo no limite entre ser a caça e a caçadora, ela vai se redescobrindo no futuro ao mesmo tempo em que o passado vai sendo destilado até que tudo se torne uma coisa só: o presente. Como todo bom thriller, não faltarão reviravoltas, perseguições e um psicopata à solta.
O Rastro da Alma fala sobre assassinatos, violência e paixão. Um livro que invade, sem pedir licença, o território do noir. Uma história eletrizante com um toque de distopia e sadismo. Tudo isso separado por uma linha tênue entre o futuro, o passado e o presente...


Links para compra:
O Rastro da Alma
Amazon
Facebook 
Estante Virtual
Mercado Livre
Bok2
Ou diretamente comigo pelo e-mail: alexojieuq@bol.com.br.

Rockfeller:
Amazon
Estante Virtual
fevereiro 11, 2019 - 3 comentários





E aí, gente, tudo bem?
Vamos falar de coisa boa? Vamos falar de presentes! No fim do ano passado, recebemos algumas coisinhas da Gorila Clube (que já falando sobre, aqui), uma loja online de presentes super criativos! A Isadora já mostrou a parte 1, que ficou com ela, e agora vou mostrar os itens que ficaram comigo nessa parte 2.

 

Almofadas que você consegue ouvir! haha Recebi essas duas e lógico que já peguei pra mim, já que amo The Big Bang Theory!


Também recebi esses guardanapos de super-heróis, que francamente, nem sei se vou ter coragem de usar, haha.


Esse copo fofo demais e o abridor de garrafa também vieram na caixa pra gente, e eu amei!


Também recebi esses porta-corpos muito fofos de Harry Potter! (A varinha eu já tinha, tá? haha)


Olha que fofo esses marcadores magnéticos que vieram também! Amorzinho demais, né?

E aí, gostaram dos itens da loja? Se pudesse, qual você iria querer? Temos um cupom de R$12 de desconto ao comprar acima de R$60 no site deles, só usar VALE12 no final da compra!

fevereiro 08, 2019 - 2 comentários




1- A série é inspirada no livro de mesmo título da autora Caroline Kepnes.

Quando soube que havia o livro, imediatamente me senti mais instigada a querer ver. Para muitos, o final do livro é bem mais pesado do que o final da série e apesar de não mudar o fim da história, as cenas chegam a ser bastantes descritivas e trágicas!

2- Vai prender você logo no início.

Os episódios não são tão longos e rapidamente você consegue maratonar a série, além de ser muito instigante e ao mesmo tempo assustador acompanhar toda obsessão do Joe pela Beck.







3 - O elenco.

O elenco todo é muito bem trabalhado. Não existe aquilo de o(a) vilão(ã) ou mocinho(a), pelo contrário, cada personagem tem seus podres ou escondem alguns segredos muito cabulosos. E já compensa assistir só por ter a Elizabeth Lail e o Penn Badgley atuando!


4- Antes de ir para as telinhas. 

Uma outra curiosidade bem legal, dessa vez mais voltada para o livro, é que a autora teve a ideia para história ao perceber como é fácil pessoas stalkearem umas as outras nas redes sociais, em seus perfis abertos e com isso obter informações até mesmo pessoais sobre sua vida, ela conta que acha isso um pouco assustador demais.




5- Segunda temporada confirmada.

 You já tem a segunda temporada garantida pela Netflix. Então haverá uma continuação, já que o final também ficou em aberto, deixando uma ótima brecha para uma segunda temporada e claro, estou muito curiosa para saber o que acontece!






6- Sobre o protagonista.

O ator Penn Badgley que interpreta o stalker Joe na série, conta que pensou em recusar o papel por ter achado assustador demais interpretar um psicopata como o protagonista e que não tem nada de romântico na relação entre Beck e Joe (e com razão, apesar de que muitos por serem manipulados, romantizam bastante o relacionamento entre os personagens).


E aí? Vocês ficaram curiosos para assistir a série? E quem viu, gostou?