navegar pelo menu
fevereiro 19, 2019 - Nenhum comentário




Hoje vou falar sobre a loja FashionMia, uma loja online de roupas femininas modernas, irresistíveis e super em conta!

Irei mostrar os vestidos cute skater dresses que tem no site. São todos lindos muito delicados em seus modelos. Vamos conferir?

Primeiramente, eu amei muito esse vestido e apesar de simples, consegue ser extremamente bonito e elegante. Ele está disponível em outras três cores diferentes e de diversas medidas!


Também acho muito lindo vestidos rodados e confesso ser o meu preferido. Achei esse todo florido maravilhoso e também com seu toque de elegância. Também está disponível em vários tamanhos e seus detalhes são maravilhosos.


Outro vestido que amei foi esse preto. Apesar de simples, assim como todos da loja, é bastante elegante e ideal para festas à noite. Acho que foi um dos que mais gostei e é bem diferente os detalhes nas mangas, assim como no pescoço. Ele fica simplesmente maravilhoso no corpo e ainda pode ser usado com um cinto e outros acessórios.


Outra seção do site que me chamou atenção foi os casacos baratos (cheap cardigans). Tô de olho nos seguintes modelos:

Esse cardigan florido cai muito bem numa blusa lista por baixo, como mostra a foto. Tem algumas opções de cores no site, mas essa é a que mais me chamou atenção!


Tem algum tempo que tô procurando como esse cardigan a seguir, mais curtinho. Também tem em várias cores, mas esse azul claro é muito fofo, né?


Amei esse cardigan longo com bolsos, tão úteis pra guardar algo ou esquentar as mãos, haha.


E aí, gostou de alguma das sugestões? Não deixem de visitar o site e ver mais coisas lindas!

Isso é um post pago.
fevereiro 18, 2019 - Nenhum comentário





Título: Se a rua Beale falasse (If Beale street could talk) // Autor(a): James Baldwin // Editora: Companhia da Letras (recebido em parceria com a editora) // Páginas: 224 // Gênero: ficção // adicione ao skoob // compre aqui
SINOPSE: Lançado em 1974, o quinto romance de James Baldwin narra os esforços de Tish para provar a inocência de Fonny, seu noivo, preso injustamente. Livro que inspirou o filme dirigido por Barry Jenkins, vencedor do Oscar por Moonlight.
Tish tem dezenove anos quando descobre que está grávida de Fonny, de 22. A sólida história de amor dos dois é interrompida bruscamente quando o rapaz é acusado de ter estuprado uma porto-riquenha, embora não haja nenhuma prova que o incrimine. Convicta da honestidade do noivo, Tish mobiliza sua família e advogados na tentativa de libertá-lo da prisão.
Se a rua Beale falasse é um romance comovente que tem o Harlem da década de 1970 como pano de fundo. Ao revelar as incertezas do futuro, a trama joga luz sobre o desespero, a tristeza e a esperança trazidos a reboque de uma sentença anunciada em um país onde a discriminação racial está profundamente arraigada no cotidiano.

Tish conhecesse Fonny desde que eram crianças. Eles cresceram juntos, e parecia certo (apesar da mãe dele discordar) que eles ficassem juntos. E tudo indica que é assim que vai ser, porque eles estão noivos e Tish está esperando um filho. Mas por uma crueldade do destino, ela tem que dar essa notícia pra Fonny na cadeia.


Fonny foi hostilizado por policiais e acusado de estuprar uma moça porto-riquenha. Então ele foi preso – sem ter nada que o incrimina e nem ter um julgamento – e tem que aguardar atrás das grades enquanto sua noiva não mede esforços pra tentar provar sua inocência.

"A mesma paixão que salvou o Fonny fez com que ele se encrencasse e fosse para a cadeia. Porque, veja bem, ele havia descoberto seu centro, seu próprio centro, dentro dele: e isso era visível. Ele não era o preto de ninguém. E isso é um crime na porra deste país livre."

O livro é contado sob o ponto de vista das memórias de Tish, nos contando sobre seu relacionamento com Fonny, sobre estar grávida. E aí temos uma família, a de Tish, que consequentemente é a de Fonny pois eles cresceram juntos, tentando libertá-lo a todo custo. O pai de Fonny, Frank, se preocupa muito com o filho, algo que não é tão aparente vindo da mãe e das irmãs.


É muito triste pensar que em 40 anos desde a publicação original, que foi em 1974, a história consegue ser tão atual e real. Melhoramos em muitos quesitos desde então, mas ao mesmo tempo parece que estamos parados no tempo e ainda temos um longo caminho pela frente pra chegarmos numa sociedade igualitária e sem discriminação.

"Nem o amor nem o terror deixam a gente cega: só a indiferença faz isso."

É um livro que deveria ser lido por todos, sobretudo nos tempos sombrios atuais que vivemos. Além de mostrar claramente a perseguição de um policial a um negro, também mergulhamos no romance de Tish e Fonny que é lindo de ver, a união deles. O autor tem uma forma bem visual e única de descrever as cenas e é bem interessante isso. Recomendo tanto o livro quanto o filme, que foi indicado três vezes ao Oscar!

Já conhecia o livro ou ficou curiosx pra ler?
fevereiro 14, 2019 - Nenhum comentário






O autor destaque desse mês aqui no blog, é o Alexandre Apolca. Para quem acompanha os posts, tem resenha aqui de seus dois livros: Rockfeller e O Rastro da Alma.

Sobre o autor:

ALEXANDRE APOLCA nasceu em 1985, em Porangaba, interior de São Paulo. Após morar em Campinas, radicou-se em Tatuí. Formou-se em Química Industrial pela Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP). Trabalhou por doze anos em indústrias, com passagens pela Cosan, Santista e Coca-Cola. Também foi consultor imobiliário, promotor de vendas, e supervisor Censitário pelo IBGE. Rockfeller, lançado em 2014, já figurou na lista dos e-books mais baixados da Amazon. Também participou de antologias poéticas no Brasil e em Portugal. Idealista e excêntrico, sonha em ser ufólogo e hippie, e é viciado em histórias policiais.

Sobre suas obras:

Rockfeller: Beto Rockfeller, que possui uma leve versão da síndrome da mão alheia, sonha em fazer sucesso com sua banda de rock. Após ser preso injustamente em um protesto na Avenida Paulista, é liberado e orientado a deixar São Paulo. Ele e sua desconhecida banda — cujos integrantes são: Yakult, Gringo e Santiago dos Santos — decidem se mudar para a mística São Thomé das Letras, a Machu Picchu brasileira. É exatamente nessa aconchegante cidadezinha mineira que começa uma trama estonteante e dinâmica — repleta de aventuras, romances, crimes e mistérios.
Rockfeller se envolve com Anita Andrade, a namorada de um dos seus amigos. Esse triângulo amoroso é surpreendido com a súbita aparição de uma terrível enfermidade. Ele, desconcertado, se vê diante de uma difícil decisão, que mexe brutalmente com seus princípios morais e o pior, Rock pagará caro por sua indigesta decisão, seja ela qual for. Além disso, é obrigado a conviver com seus fantasmas, desilusões e psicoses e ainda tem de se acostumar com um enigmático corvo que o persegue.
No entanto, após muito tempo, Rockfeller consegue uma segunda chance de ser feliz no Rio de Janeiro, as suas desventuras e psicoses ressurgem, e isso pode levá-lo a uma irreparável situação em que nem tudo que se vê pode ser real...




O Rastro da Alma: “Clarice” acorda dentro de uma caçamba de lixo, sem saber sequer o seu nome. E o mais estranho: está no ano de 2040, em uma São Paulo decadente. Enquanto começa uma desesperada busca para descobrir a si mesma, ela tenta se adaptar a esse estranho mundo cercado de avanços tecnológicos e retrocessos humanitários.
Sua obsessão em encontrar uma maneira de voltar à sua época não a impede de mergulhar de cabeça nessa aventura. Em meio a esses mergulhos, ela encontra pessoas que fizeram parte de sua misteriosa história – que poderá ser modificada tanto para melhor quanto para pior. Mas, muitas vezes, o esquecimento é melhor do que a verdade nua e crua.
Por um capricho do destino, ela acaba conhecendo o enigmático Elvis e o seu fiel companheiro Kurt, um gato que consegue ser ainda mais enigmático. E esse encontro, aparentemente corriqueiro, poderá marcá-la profundamente.
Vivendo no limite entre ser a caça e a caçadora, ela vai se redescobrindo no futuro ao mesmo tempo em que o passado vai sendo destilado até que tudo se torne uma coisa só: o presente. Como todo bom thriller, não faltarão reviravoltas, perseguições e um psicopata à solta.
O Rastro da Alma fala sobre assassinatos, violência e paixão. Um livro que invade, sem pedir licença, o território do noir. Uma história eletrizante com um toque de distopia e sadismo. Tudo isso separado por uma linha tênue entre o futuro, o passado e o presente...


Links para compra:
O Rastro da Alma
Amazon
Facebook 
Estante Virtual
Mercado Livre
Bok2
Ou diretamente comigo pelo e-mail: alexojieuq@bol.com.br.

Rockfeller:
Amazon
Estante Virtual