[RESENHA] Outro Dia, de David Levithan

setembro 18, 2018

Sinopse: Aqui, a já celebrada — com várias resenhas elogiosas — história de "Todo Dia" é mostrada sob o ponto de vista de Rhiannon. A jovem, presa em um relacionamento abusivo, conhece A, por quem se apaixona. Só que A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Mas embarcar nessa paixão também traz desafios para Rhiannon. Todos eles mostrados aqui.








A essa altura já deu tempo de vocês lerem "Todo dia" e/ou assistirem a adaptação cinematográfica dele? Porque, depois de ter lido e visto o filme várias vezes, não poderia deixar de ler este livro com outra perspectiva da mesma história!
Apesar do livro se chamar "Outro dia", ele não conta a história a partir do momento em que acaba "Todo dia", pelo contrário, ele revive todos os acontecimentos do livro pela visão de Rhiannon! "Mas não fica massante a leitura da mesma história por outro ponto de vista?" E eu vos digo: NÃO!
A princípio eu achei a leitura bastante arrastada no começo, por saber dos acontecimentos, porém tem muitos fatos de Rhiannon que questionávamos no primeiro livro e fica esclarecido neste. Você tem um apego melhor pela personagem e, se em Todo dia você queria surtar com Rhiannon por algumas atitudes, nesta nova versão vocês vão querer surtar com A pelos mesmos acontecimentos.
Eu sempre parti do princípio de que toda história tem dois lados, e, pela primeira vez, pude ler uma história com duas perspectivas diferentes.

Enquanto Todo dia tem uma pegada mais para nos fazer refletir sobre o mundo atual e sobre valores invertidos, esta versão nos faz focar mais no romance e na confusão que A traz na vida da protagonista. Um livro reflete a sociedade no geral e o outro a pessoa em sua individualidade.
Quando vemos a história no ponto de vista de A, ficamos comovido pela sua situação de acordar em um corpo diferente todos os dias, sem deixar rastros de onde esteve e sem saber para onde vai, no entanto quando vemos a mesma história pela garota que está se apaixonando por alguém que acorda num corpo diferente todos os dias enquanto sai de um relacionamento abusivo fica mais claro as consequências que ambos tem se resolverem ou não investir nesse relacionamento.
Os esforços de A para manter esse relacionamento serão suficientes? Rhiannon irá, de fato, entrar de cabeça numa situação totalmente desconhecida? O livro ainda mantém a essência, por sua vez, de trazer a tona o preconceito cultural, racial e sexual que ainda se faz presente no mundo, e essa é uma característica que poucos escritores conseguem abordar de forma tão leve para ser categorizado como um livro infanto-juvenil!
E então? O que acharam? Mas não deixem de comentar hoje (Porque se comentarem "Outro dia" vou ficar chateado :v )

[RESENHA] Desejar, de Nina Lane

setembro 17, 2018

Título: Desejar (Allure) // Espiral do Desejo #2
Autor(a): Nina Lane
Editora: Paralela // livro recebido em parceria com a editora
Páginas: 280
Gênero: ficção, romance
adicione ao skoob // compre aqui

SINOPSE:
A história de Liv e Dean continua no segundo volume da série Espiral do desejo. Depois de quase verem seu casamento destruído por mentiras e desilusões, Dean e Olivia retomam sua jornada mais unidos e apaixonados do que nunca. O professor de história medieval e sua amada esposa estão determinados a consertar os erros do passado e sabem que, para isso, terão que unir forças para derrubar barreiras erguidas ao longo de anos. Uma inesperada crise envolvendo os pais de Dean acaba, contudo, dragando-o de volta à espiral de culpa, ressentimento e amargura que marcou sua juventude. Tudo o que ele mais quer é proteger Olivia, mas, dessa vez, ela se recusará a cumprir o papel de esposa frágil e delicada. Ao lado de seu grande amor, Olivia enfrentará os mais terríveis fantasmas da família West — até mesmo os segredos escondidos a sete chaves.

ATENÇÃO: ESSA RESENHA PODE CONTER SPOILERS DO LIVRO ANTERIOR! Caso queira conhecer a série, leia a resenha do primeiro livro aqui.



Depois de quase ter o casamento destruído por mentiras e desconfiança, Liv e Dean estão mais próximos e apaixonados do que nunca. E depois de tudo que aconteceu no livro anterior, toda a discussão sobre gravidez e em pouco tempo Liv descobre que está grávida. Nenhum dos dois está preparado pra isso, por tudo que descobrimos em relação ao passado dos dois em Despertar, mas estão dispostos a terem o filho, mesmo que a desconfiança ainda paire no ar.

Liv ainda está em busca sua independência, e decide pegar um empréstimo e investir na livraria de Allie – mesmo que o negócio não esteja indo muito bem. Dean, como sempre, quer ajudar, em vez de deixar Liv andar com suas próprias pernas, que é o que tem atrapalhado a relação.

Enquanto isso, Dean recebe uma ligação preocupante da irmã dizendo que seu pai teve um infarto. Então ele vai fazer uma visita à família na Califórnia, e Liv vai com ele, apesar de não ser bem a vontade de Dean, já que ele está superprotetor em relação a gravidez.



Chegando na casa da família de Dean, que não vão com a cara de Liv, pois acham que ela não está a altura do Dean, finalmente conhecemos Helen, que já foi casada com Dean e permanece amiga da família. Também conhecemos mais sobre o passado doloroso de Liv e da família não tão perfeita de Dean, que vivem de manter as aparências de uma família feliz. Nessa volta pra casa, Dean tem que lidar com a culpa por situações do passado, e ao mesmo tempo que tem que lidar com o futuro de sua carreira e vida pessoal com Liv.

O livro mostra o ponto de vista de Dean e Liv. Nesse livro, as cenas de sexo estão mais frequentes do que no livro anterior, mas nada excessivo. A escrita da autora está impecável, e nesse livro pude me simpatizar mais com as dores dos personagens, já que no livro anterior eu disse que sentia falta de algo; nesse, os personagens estão muito bem construídos.



Dessa vez estou até ansiosa pra ler o desfecho da história desse casal que tem altos e baixos e conseguiu me conquistar neste volume, que será lançado nesse mês. E vocês, já leram ou têm vontade de ler a série Espiral do Desejo?


QUOTES:

"Ninguém precisa dar um jeito na sua vida, Olivia, muito menos eu. Porque não tem nada de errado com você."

"O fato de que eu estar estar estudando a harmonia perfeita das estrelas e dos planetas no momento exato em que me apaixonei por você."

Recebido da Zaful

setembro 14, 2018



Já falamos da Zaful várias vezes aqui no blog, uma das nossas parcerias favoritas!
Recebi essa t-shirt escrito LOSER que me representa completamente, e peguei um tamanho maior pra dar um nó embaixo. O material é de ótima qualidade.



Também recebi essa luva sem dedos que eu precisava e usei bastante nesse inverno. É ótimo manter as mãos quentes e poder mexer no celular ao mesmo tempo!



Tava querendo essas meias de rede faz muito tempo, e eu gostei muito do material e usei bastante esses dias. Não esquenta como uma meia normal, mas é muito estilosa, haha.

E aí, gostaram? Usariam algum dos itens?