[RESENHA] O Casal Que Mora ao Lado, de Shari Lapena

julho 10, 2017

Título: O Casal Que Mora ao Lado (The Couple Next Door)
Autor(a): Shari Lapena
Editora: Record // livro cedido em parceria com a editora
Páginas: 294
Gênero: ficção, suspense e mistério
adicione ao skoob // compre aqui

Sinopse:
É o aniversário de Graham, e sua esposa, Cynthia, convida os vizinhos, Anne e Marco Conti, para um jantar. Marco acha que isso será bom para a esposa; afinal, ela quase nunca sai de casa desde o nascimento de Cora e da depressão pós-parto. Porém, Cynthia pediu que não levassem a filha. Ela simplesmente não suporta crianças chorando.
Marco garante que a bebê vai ficar bem dormindo em seu berço. Afinal, eles moram na casa ao lado. Podem levar a babá eletrônica e se revezar para dar uma olhada na filha. Tudo vai dar certo. Porém, ao voltarem para a casa, a porta da frente está aberta; Cora desapareceu. Logo o rapto da filha faz Anne e Marco se envolverem em uma teia de mentiras, que traz à tona segredos aterradores.

Anne e Marco foram convidados por Cynthia e Graham, o casal da casa ao lado, para um jantar, e, apesar de Anne não estar nem um pouco animada, Marcos acaba a convencendo a ir, dizendo que vai ser bom pra ela sair de casa, ainda mais depois da depressão pós-parto. Em cima da hora, a babá diz que não poderá ficar com o bebê deles, e Cynthia não suporta choro de criança, então eles resolvem levar a babá eletrônica pra ouvirem caso o bebê acorde, e vão de meia em meia hora checar a bebê Cora.



Anne não gosta nem um pouco do jantar, quer ir embora, mas Marco está se divertindo. É perceptível notar que Anne tem problemas de confiança, já que logo no início tem dúvida sobre a fidelidade do marido, que está flertando com Cynthia. Ao mesmo tempo que não dá pra saber se é verdade mesmo, já que ela bebeu mais vinho do que deveria durante o jantar.



O livro é contado em terceira pessoa e podemos acompanhar o ponto de vista de Anne e Marco, ora do detetive; isso é muito bom, porque dá a chance de criar nossa própria teoria sobre o que aconteceu com a bebê Cora. Mas apesar disso, achei a construção do detetive muito superficial, mesmo acompanhando a investigação por sua visão.



Comecei a ler sem saber o que esperar e gostei bastante do início, teve um ritmo bacana, mas lá pelo meio a autora deixou os acontecimentos corridos demais e recorreu a uma alternativa meio óbvia. Tem uma reviravolta, mas que não chega a surpreender, não pela escolha da situação, mas talvez pela escolha do culpado, que não foi bem trabalhado pra dar uma sensação satisfatória.



Um acontecimento no final ficou em aberto, mas pelo que tenho lido de livros desse gênero, parece que é algo recorrente, mas nesse caso não chegou a atrapalhar. Foi uma leitura boa, mas sem muitas surpresas. Foi meio falho no quesito suspense, mas serviu como uma ótima leitura pra refletir: até onde somos capazes de ir pra conseguir aquilo que queremos?

33 comentários:

  1. Geeeeente! Eu não curto muito livros desse gênero, mas confesso que fiquei curiosa com essa estória.
    O que aconteceu com a bebê? Quem a pegou? Mas ao mesmo tempo sinto uma vontade de brigar com Ane e Marcos; como eles deixam uma bebê sozinha? Mesmo que seja para ir na casa ao lado... Da Cinthia... Não gostei dessa personagem, acho que foi ela que planejou. 🤔
    Deixando o meu lado "detetive" para lá, gostei da resenha. E da opinião sincera.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. oLa
    Também já fiz essa leitura e confesso ter ficado bem angustiada com algumas passagens, e pela premissa de modo geral. É horrível pensar num bebê sozinho e a situação não poderia ser pior diante de tudo que acontece né? Apesar de tudo, acredito que a narrativa cumpriu o papel diante do gênero exposto, o que eu adoro. Não tem muitas surpresas mesmo, mas concordo que a leitura não deixa de ser boa por conta disso. Adorei poder conferir as suas impressões a respeito!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  3. Aaa gostei muito da premissa, adoro livros assim, gosto de me sentir como a própria investigadora do caso! Esse aí promete muito suspese e nervos a flor da pele hein!Já quero ❤

    ResponderExcluir
  4. A história parece ser aquele tipo que promete mais do que realmente tem a oferecer - de acordo com sua resenha - e, apesar de ter sido uma ótima resenha e ter instigado minha curiosidade, será que vale a pena mesmo ler esse livro?
    O que você acha, Carol?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você curte o gênero, vale a pena sim. Mas tem outros livros melhores, sabe?

      Beijos

      Excluir
  5. Olá!
    A Editora enviou esse livro para vários blogs e achei que a aposta alta tinha algum porém por trás. E pelo que vejo é que apesar de interessante o livro deixa a desejar.
    Sempre que leio uma resenha dele, os pontos negativos que você destacou sempre aparece.
    Por ser um livro único esse fato em aberto com certeza ira me incomodar bastante se eu fizer a leitura. Ou talvez já seja um gancho para um próximo livro, já que hoje em dia o negócio são as continuações. rsrsrs

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, essas continuações... mas não acho que seja o caso não.

      Beijos

      Excluir
  6. Olá, ficou perceptível pela resenha que os personagens são mal caracterizados, o que deixa a trama genérica e sem graça, apesar de querermos descobrir o que aconteceu com a criança. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Achei muito interessante a sinopse do livro e a resenha tambem. É um livro que eu com certeza leria. Fiquei com dó do bebe, mas entendo que isso aconteceu na historia por um motivo, para que os personagens tivessem uma perspectivava diferente do que achavam. Quando eu tiver a oportunidade de ler, sim eu vou ler. Beijos.

    Visitem meu blog!
    garotaeraumavez.blogspot.com.br
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  8. Já li críticas positivas e negativas com este livro e ainda não decidi se esta leitura é para mim. Acho que o tema é realmente angustiante e só de ler a resenha, já me imaginei no papel da mãe, sofrendo demais.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Esse livro parece mesmo ser eletrizante.
    Deve mexer com nossas emoções, porque fiquei angustiada só em ler a sinopse.
    Mas fiquei meio arrasada em saber que ele falha na questão do suspense. Puxa!...
    Mesmo assim eu gostei bastante de sua indicação. As fotos ficaram bem legais, Carol!
    Parabéns pelo capricho! Sucesso!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  10. Oie, tudo bom?
    Ahh, vi resenha desse livro e já quis comprar na hora! Amo um bom mistério, ainda mais envolvendo um bebê, deve dar uma angustia danada pra saber o que aconteceu com o pequeno. Mesmo não sendo um suspense propriamente dito, eu leria com certeza!

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bom?

    Ano passado li dois livros desse estilo e gostei muito, então estava bem curiosa para ler este. Achei interessante termos o ponto de vista do Detetive, mas uma pena o livro não ser tão bom. Ainda quero dar uma chance, as vezes posso gostar bem mais que você né?

    Beijos:*

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Tenho vista um sem números de divulgações desse livro em todos os meios possíveis, então estou/estava bem curiosa para saber mais sobre a trama. Ainda não havia lido nada sobre ele, mas confesso que a sua resenha me esmoreceu um pouco. Sou filha de Harlan Coben e já estou mais que acostumada a subir nas tamancas de tanta ansiedade e adrenalina com os suspenses dele, então esperava que esse livro despertasse algo parecido, já que se diz de suspense. Enfim, vou avaliar com mais calma se quero ou não lê-lo. Obrigada pela dica!

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  13. Oie...
    Adorei sua resenha!
    Confesso que você me desanimou a ler essa obra, pois, pra mim livro tem que ser que nem kinder ovo, cada um com uma surpresa diferente, então, pelo fato do livro não ter tido surpresas e levando em conta o gênero que ele pertence me desanimei a ler, pois, acho que todo triller deve surpreender o leitor.
    Bjo

    ResponderExcluir
  14. Nossa! Fiquei interessado, parece um baita livro, imaginava algo totalmente diferente a julgar pela capa, mas é um tipo de proposta que curto bastante, mas é uma pena quando o autor de um livro não consegue casar o culpado com a trama, isso realmente estraga um pouco a leitura, por ser algo que é o ápice e todo mundo espera.

    ResponderExcluir
  15. Oi Carol, gosto muito de livros de suspense e investigação, mas infelizmente esse livro não conseguiu me prender tanta a atenção, não sei. Primeiro a capa não me chamou a atenção e quando disse dos pontos em abertos, mesmo que não atrapalhe a história, deixa a gente com o pé atrás, sabe?

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  16. Olá Cá,
    Que pena que esse livro tenha começado bem e a autora tenha se perdido um pouco no meio fazendo ele ficar corrido. Sinceramente, tenho muita vontade de saber o que acontece na trama e espero não me decepcionar tanto quanto você se decepcionou.
    Adorei a resenha e as fotos.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  17. Olá!

    Eu fui para um evento da editora e eles falaram desse livro lá. Eu já me interessei de cara por ele me lembrar muito um caso real, e eu adoro essas coisas. Porém fico triste em saber que não tenho muita surpresa :/ Mas adorei a sua resenha! ❤️

    Um beijo

    ResponderExcluir
  18. Oi Carol,
    eu não li esse livro ainda apesar de tê-lo a algum tempo, pretendo fazê-lo em breve inclusive. Andei pegando uns spoilers pesados que quebraram todo o suspense da história, acaba que já sei de todos os pormenores que acontecem na trama e nada será surpreendente pra mim, mas mesmo assim pretendo ler essa história, talvez no próximo mês, não sei bem. Fico feliz que tenha gostado li muitas críticas negativas e estava receosa com a história, é sempre bom ler que alguém curtiu.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Olá!

    Adorei a capa e a sinopse desse livro. Tenho buscado livros que me chamem atenção e sejam bons. Apesar das pontinhos negativos sobre esse livro em sua resenha, estou com muita vontade de lê-lo. Só lendo o que escreveu, acredita que já tenho um(ns) suspeito(s) em mente? (risos).

    Irei ler o mais rápido possível para ver se meus palpites estão corretos. :)

    ResponderExcluir
  20. Eu já achei o livro bem legal e favoritei e tudo. hahahah O livro, ao meu ver, não quer surpreender o leitor e nem quer ficar naquela de "quem é o culpado", pois pra quem é rato de suspense, como eu, wdescobre na hora. Pra mim ele focou muito mais na motivação e isso me deixou muito satisfeita.
    Não achei a história corrida também, achei um ritmo bem agradável e o enredo é até simples demais pra uma coisa mais lenta, mas vai do gosto.
    Essa é a magia da literatura... uns curtindo e outros nem tanto. Tem coisa mais democrática? :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Acho que esse livro ,é daqueles que não ficamos sossegados até o término da leitura.
    A famosa curiosidade!
    Lendo aqui a resenha, achei todos os personagens sinistros.
    Um casal ser convidado para um jantar , onde a filha não é bem vinda... Estranho!
    Tanto pela anfitriã, quanto pelos convidados.
    Comportamentos estranhos!

    Bem,como boa curiosa que sou, pretendo ler esse livro logo. :)

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Tinha lido várias resenha desse livro e é muito suspeito de como foi o desaparecimento da bebezinha, ainda assim fiquei receosa pelo os dois deixarem ela sozinha. A trama é muito envolvente, te faz querer saber o que realmente aconteceu com eles e porque está acontecendo tudo isso é com certeza haverá suspeito na trama.

    ResponderExcluir
  23. Oi!
    Essa não é a primeira resenha que vejo deste livro, e em todas as outras os leitores tiveram o mesmo pensamento, que a reviralvolta não é tão surpreendente e o rítimo do final/resolução é rápido e óbvio demais.
    Uma pena né, porque a temática do livro é muito interessante

    ResponderExcluir
  24. Olá,

    Estou lendo comentários positivos e negativos sobre esse livro e mesmo minha curiosidade gritando, não gosto de ler livros que estão no hype. Por isso, esperarei com muita paciência (eu espero haha) isso passar. No entanto, mesmo você falando que a obra peca em alguns quesitos, pretendo sim, fazer essa leitura, pois é um gênero que gosto muito e quero saber o que aconteceu com a criança e se ela está viva ou não.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Olá, tudo bem?
    Não li o livro ainda, mas é uma meta para esse ano, porém os comentários negativos me deixam em dúvida se devo ou não ler, a sua resenha me deixou ainda mais confusa com a minha vontade.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  26. oi
    nunca li o livro ate porque esse genero nao e um dos meu favoritos,porem ja vi muitos comentarios positivos sobre e eu vou ler. Ate pq sua resenha me deixo curiosa o bastante rsrs
    beijinhos

    ResponderExcluir
  27. Vi que esse livro recebeu 3 estrelinhas, mas essa capa e o titulo me chamam tanta atenção que vou tentar essa leitura, a resenha muito bem escrita te deixa super curiosa com esse suspense e sendo apaixonada por esse genero nao preciso de muito estimulo. Com certeza essa obra está na lista dos desejados

    ResponderExcluir